Internet – Banda Larga

Consultas Rápidas

Entre com palavras-chave em PROCURAR (evite preposições), ou selecione um item em CATEGORIAS, na coluna da direita.

Wi-fi e interferências

Como resolver problemas de  interferências nas rede wi-fi ?

O Wi-Fi usa ondas de rádio. Uma variedade de coisas podem interferir e tornar a conexão sem fio mais fraca e pouco confiável. O ponto chave para melhorar o sinal da rede sem fio está no posicionando correto do roteador para redução de obstruções, interferências de outras redes sem fio e eletrodomésticos.

Posicionamento correto do roteador. As principais recomendações são:

  • Roteador no centro da casa ou escritório.
  • Antena do roteador posicionada verticalmente – a posição ideal.
  • Elevar a posição do roteador numa mesa e não posicionar no chão.
  • Evitar mesas, armários e paredes de metal. Os sinais podem viajar facilmente através da madeira, mas o metal obstrui e reflete.

Interferência de outras redes sem fio. Para determinar interferência podemos usar uma aplicação do tipo  Wi-Fi Analyzer para Android , que  apresenta os canais sem fio que as redes nas proximidades estão usando e recomenda a rede ideal para uso – uma que não está sendo usada por muitas redes. Permite também percorrer a área e identificar o sinal mais forte ou fraco.  Se várias redes sem fio estiverem competindo pelo mesmo canal, isso pode causar problemas. Para corrigir isso, podemos  alterar o canal sem fio na interface da web do roteador local.

imagem

Interferência de eletrodomésticos. Uma variedade de eletrodomésticos pode causar interferências sem fio, incluindo telefones sem fio, monitores de bebê e fornos de microondas. Dependendo do posicionamento do roteador sem fio, a rede sem fio poderá ser interrompida quando o microondas ou o telefone sem fio estiverem em uso. Os problemas com telefones sem fio podem ser resolvidos, substituindo seus telefones por telefones que operam em uma freqüência diferente, como 900 MHz ou 1,9 GHz. Os telefones sem fio que usam a freqüência de 2,4 Ghz interferirão com as redes sem fio.

Interferências de outros dispositivos. Outros dispositivos também podem causar problemas. Por exemplo, dispositivos Bluetooth mais antigos podem interferir com sinais Wi-Fi próximos, embora os dispositivos Bluetooth mais novos não o façam.

Repetidores, Antenas e Refletores. Se for necessário uma área além da cobertura de um roteador wi-fi, podem ser usados repetidores sem fio ou extensores. Esses dispositivos repetem o sinal sem fio, estendendo sua área, sem necessidade de dispositivos especiais. Ou, podemos usar usar vários roteadores antigos em cascata. Dependendo do  roteador, podemos anexar uma antena melhorada  com alcance adicional de sinal.

Até logo!

Ethernet x Wi-fi

Quais são os principais requisitos técnicos para o uso de conexões ethernet e wi-fi?

Velocidades. A Ethernet é simplesmente mais rápida do que o Wi-Fi, que evoluiu muito nos últimos anos, graças a novos padrões como 802.11ac e 802.11n, que oferecem velocidades máximas de 866.7 Mb / s e 150 Mb / s, respectivamente. O Wi-Fi tornou-se bom o suficiente para lidar com a maioria de nossas tarefas diárias. Por outro lado, uma conexão Ethernet com fio pode, teoricamente, oferecer até 10 Gb / s, se utilizado um cabo Cat6 – a velocidade máxima exata do seu cabo Ethernet depende do tipo de cabo Ethernet que você está usando. No entanto, mesmo o cabo Cat5e em uso comum suporta até 1 Gb / s. E, ao contrário do Wi-Fi, essa velocidade é estável.

Observação. A velocidade da conexão com a Internet banda larga é o gargalo das atividades envolvendo a Internet. Se a velocidade da Internet for significativamente menor do que qualquer tipo de conexão que você está usando, aumentar a velocidade dessa conexão não terá efeito.

Latência. Outro fator importante como requisito de qualidade é a latência  – o tempo de transmissão do sinal entre dois dispositivos em rede – o conhecido “ping” nos mundos de redes e jogos online. Reduzir a latência é uma preocupação para usar a Ethernet com fio para “jogos online que exigem um tempo de reação o menor possível”. Por outro lado, para transmissão de vídeo, música ou navegação na web, a latência não será muito importante.

Interferência. O Wi-Fi está sujeito a uma interferência muito maior do que uma conexão com fio. O layout da casa ou escritório, objetos que bloqueiam o sinal, a interferência de dispositivos elétricos ou as redes Wi-Fi dos vizinhos, todas estas coisas contribuem para que o Wi-Fi seja geralmente menos confiável. Essa interferência pode causar uma série de problemas:

  • Sinais descontinuados: ocasionalmente, o Wi-Fi perderá o sinal e terá que reconectar. Isso pode não ser um grande problema para a navegação diária ou mesmo o streaming de vídeo (que é armazenado em buffer no dispositivo local), porque a reconexão ocorre rapidamente. Mas isso pode ser um grande problema para jogos on line.
  • Maior latência: o aumento da interferência pode significar maior latência e seus efeitos descritos aqui.
  • Velocidade reduzida: mais interferência também significa menor qualidade do sinal, o que resulta em menores velocidades de conexão.

Até logo!

Bits e Bytes

Como as taxas de transmissão e capacidades de armazenamento são medidos?

A taxa de dados de uma conexão de rede normalmente é medida em unidades de bits por segundo (bps). Os fabricantes de equipamentos de rede classificam o nível máximo de largura de banda da rede que seus produtos suportam usando as unidades padrão de Kbps, Mbps e Gbps.

Definições

  • Um kilobit por segundo (Kbps) é igual a 1.000 bits por segundo (bps). Isso às vezes é escrito como kbps, Kb / sec ou Kb / s, mas todos eles carregam o mesmo significado.
  • Um megabit por segundo (Mbps) é igual a 1000 Kbps. Também é expresso como Mbps, Mb / s e Mb / s.
  • Um gigabit por segundo (Gbps) é igual a 1000 Mbps, um milhão de Kbps ou um bilhão de bps. Também é abreviado como Gbps, Gb / seg e Gb / s.

Evitando a confusão entre bits e bytes

O Byte de uma forma geral é utilizado para descrever a capacidade de memória e tamanho de arquivos. Por razões históricas, as taxas de dados para “unidades de disco e alguns outros equipamentos” informáticos (não para velocidade de rede) às vezes são exibidas em bytes por segundo (Bps com uma letra maiúscula ‘B) em vez de bits por segundo (bps com uma minúscula’ b ‘).

  • um KBps é igual a um kilobyte por segundo
  • um MBps é igual a um megabyte por segundo
  • um GBps é igual a um gigabyte por segundo

Como um byte é igual a oito bits, a conversão dessas classificações na forma “b” minúscula correspondente pode ser feita simplesmente multiplicando por 8:

  • um KBps é igual a 8 Kbps
  • um MBps é igual a 8 Mbps
  • um GBps é igual a 8 Gbps

Para evitar a confusão entre bits e bytes, os profissionais de rede sempre se referem a velocidades de conexão de rede em termos de classificações bps (lowercase ‘b’).

Exemplos:

  • A maioria dos equipamentos de rede possui velocidade de Mbps.
  • As conexões de Internet residenciais podem variar de valores baixos como 1 Mbps até 100 Mbps e até mesmo maiores
  • Conexão Wi-Fi 802.11g  suportam uma taxa de até 54 Mbps.
  • Conexões Ethernet mais antigas suportam uma taxa de até 100 Mbps
  • Conexões Wi-Fi 802.11n suportam até 150 Mbps, 300 Mbps e incrementos maiores
  • Gigabit Ethernet suporta 1 Gbps
  • Os links de rede Backbone que alimentam provedores de internet e torres de celular suportam vários Gbps

O que vem após o Gbps?

  • 1000 Gbps é igual a 1 terabit por segundo (Tbps). Poucas tecnologias para redes de velocidade Tbps existem hoje.
  • O projeto Internet2  desenvolveu conexões Tbps para suportar sua rede experimental, e algumas empresas da indústria também criaram bancos de testes e demonstraram com sucesso os links Tbps.
  • Devido ao alto custo do equipamento e aos desafios para a operação dessa rede de forma confiável, espere que sejam muitos mais anos antes que esses níveis de velocidade se tornem práticos para uso geral.

Até logo!

Jogos on line

Qual o consumo de internet banda larga demandados pelos jogos on line?

Um jogo online é um jogo de vídeo que é reproduzido parcial ou principalmente através da Internet . O design dos jogos online pode variar desde ambientes simples até a incorporação de gráficos complexos e mundos virtuais.

A existência de componentes on-line dentro de um jogo pode variar de características menores, como uma tabela de classificação online , para fazer parte da jogabilidade básica , como jogar diretamente contra outros jogadores. Muitos jogos online criam suas próprias comunidades on-line ou se integram em comunidades existentes da vida real dos jogadores. O jogo on line moderno em PC tem vários requisitos, incluindo uma conexão de rede de banda larga.

Os usuários geralmente pensam que a velocidade da internet mais rápida beneficiará seus jogos, mas a menos que a maioria da largura de banda disponível em toda a rede esteja sendo utilizada, não haverá um benefício de uma velocidade mais rápida. Com os jogos de PC mais dependentes do fluxo contínuo de dados (streaming), em vez de largura de banda bruta, o principal objetivo deve ser conexão de qualidade superior, pois haverá pouco benefício esperado de uma velocidade de download mais rápida.

A latência refere-se ao tempo necessário para que um sinal passe de um transmissor para um receptor. Uma menor latência é preferida, especialmente para jogos, embora os ISP (provedores internet) geralmente não indicam a latência esperada. Quando a latência fica alta durante o jogo, isso é visto como um atraso, que é o atraso irritante entre a entrada do jogador e a resposta do jogo, e muitas vezes se manifesta como gagueira do jogo, baixas taxas de quadros e desempenho geral deficiente – basicamente o jogo online motiva parar de funcionar. É recomendável ter menos de 75 a 100 milissegundos de latência para uma boa conexão de jogo. Tentar jogar em uma conexão celular pode ser doloroso, pois nas conexões 4G mais recentes os tempos são de 50 a 150 milissegundos, enquanto o 3G as latências variam de de 100 a 350 milissegundos

Embora a escolha da conexão com a internet seja o componente principal da latência, existem também outras variáveis, incluindo conexão Ethernet ou Wi-Fi e congestionamento na rede, que devem ser consideradas.

Observações

1) Um jogo de jogador único na internet mantem o estado principal na máquina local, um jogo on line exige que o controle  seja mantido num servidor central – o fluxo de comandos com o controle central é a causa fundamental de atrasos nesses tipos de jogos.

2) Os atrasos podem ser resumidos em 2 causas principais: hardware insuficiente no cliente ou servidor e conexão ruim.

3) Os problemas de conexão mais comuns são devido à desempenho de rede (perdas, erro ou jitter (variâcia do atraso), que são raros em redes com largura de banda suficiente e com pouco ou nenhum congestionamento.

4) A latência depende da distância entre a origem e destino (mais roteadores e enlaces) e roteamento na internet.

5) Métodos modernos usam múltiplos servidores em sistema de nuvem para reduzir a latência,.

6) os jogos on line via wireless podem sofrer atrasos significativos e interferências eletromagnéticas e congestionamento de rede e inviabilizar a experiência.

7)adicionalmente, existem técnicas de compensação de atrasos de latência (LAG).

8) Cloud gaming é uma nova tecnologia de jogo on line que hospeda o jogo num datacenter e o cliente executa um “software cliente” localmente.

Até logo!

SLAs Internet Banda Larga

Quais são os SLAs e como são avaliados e testados?

A lei em vigor desde 2014 define:

  • Velocidade instantânea de conexão. No mínimo 40% do contratado. A velocidade média – pelo menos 80%. Exemplo. Um plano de 10 Mbps, a velocidade instantânea deve estar acima de  4 Mbps e a velocidade média mensal acimaVisualizar de 8 Mbps.
  • A Internet não pode cair por 99,5% do tempo. O que significa no máximo de 3h36min de interrupção em um mês.

Como funciona o teste de velocidade de acesso internet banda larga, normalmente disponível via Internet:

1. Escolher um servidor . De boa qualidade, perto do local de teste.
2. Teste de latência. Fazer vários download de um pequeno arquivo via operação conhecida como ping, que avalia o tempo de ida e volta de um pedido de arquivo através de sua conexão, via a Internet.
3. Teste de Velocidade de Download. São realizados vários download de diversos arquivos; através do tempo levado para concluir os downloads, podemos calcular a velocidade do acesso à internet, levando em consideração sempre o download mais rápido.

Observações sobre o teste de velocidade para reduzir interferências nos resultados:

  • Fechar todos os programas.
  • Interromper atualizações.
  • Evitar redes sem fio.
  • Faça o teste.

Até logo!

10 giga bytes por mês

O que significa 10 GB (gigabyte) de consumo por mês?

“GigaByte” é uma medida da capacidade de armazenamento de memória que permite fazer upload e baixar vídeos, assistir a transmissão de vídeos e fazer navegação e / ou navegar na internet. 1 Byte = 1 Octeto = 8 bits é usado para indicar tamanho de memória ou capacidade de armazenamento. Veja a seguir o que pode ser feito com 10 GB:

  • 10GB (10 giga bytes) geralmente é suficiente para uma pessoa navegar na web sem assistir a vídeos.
  • 10 gigabytes são aproximadamente equivalentes ao download de 2 filmes em DVD. Se você é a única pessoa que usa a conexão com a internet, pode ser o suficiente.
  • Se você é a única pessoa que usa a conexão com a internet, pode ser o suficiente. Para um usuário de internet de leve a moderado, 10GB atenderão bem.
  • Se existem várias pessoas usando a mesma conexão, e todos gostam de baixar música e assistir o youtube, este limite sermuito rapidamente (provavelmente em questão de dias).
  • O vídeo consome uma grande quantidade de dados, dependendo da qualidade do vídeo. O YouTube possui seus vídeos em várias versões de qualidade (240p, 360p, 480p, 720p, 1080p). Quanto maior a qualidade, mais dados cada quadro de vídeo consome .
  • Será necessário restringir o uso e downloads de streaming de vídeo e evitar o streaming de vídeo em HD.

Até logo!

5 Gigabytes por mês

O que significa 5 Gigabytes por mês de Internet?

Ou seja, quais são os ” problemas” que as soluções de internet banda larga resolvem?

  • E-mails sem anexo (20 a 30 KB) – 250.000 e 500.000 em um mês
  • E-mail com anexo (300 KB) – 16.000 e 17.000
  • E-mail com foto ( 2240×1680) –  5000
  • Navegando na internet. 10.000 páginas da Web ou 300 horas de navegação on-line.
  • Rádio na Internet. 2 horas e 30 minutos de música por dia.
  • Baixar músicas. 700 a 1.200 músicas.
  • Vídeo não-HD em 3G (125MB a 250MB por hora) – 40 e 80 horas por mês, ou de 1 a 2 hr/dia.
  • Vídeo em HD ou streaming em 4G (300MB para 350MB por hora) – 15 a 17 horas de transmissão de HD por mês, ou 30 minutos de vídeo HD por dia.
  • Vídeo Ligações (480MB a 720MB por horas). São as que consomem mais dados, depende da resolução escolhida – 7 a 10 horas de vídeo-chamadas por mês.
  • Dispositivo como um sistema de navegação on-line. Capacidade para dirigir e navegar 1.000 horas.

O vídeo consome mais dados, seguido de música e navegação

Até logo!

Previsão de Consumo de Dados

Como prever o consumo mensal de dados?

Os exemplos abaixo fornecem uma orientação geral para a quantidade de dados utilizados para cada atividade:

Atividade Tamanho dos dados
1 e-mail (sem anexos)  20 KB
1 e-mail (com anexos padrão) 300 Kb
1 minuto. de navegar na web  250KB (15MB / hr.)
1 música baixada 4MB
1 upload de fotos para mídias sociais 5MB
1 minuto. de streaming de vídeo de definição padrão 7MB (700MB / hr.)
1 minuto. de streaming de vídeo de alta definição 41.7MB (2500MB / hr.)
1 minuto. de streaming de vídeo 4K  97,5 MB (5850MB / hr.)
1 minuto. de jogos online 200KB (12MB / hr.)

Observações:

  • Esses exemplos são apenas estimativas com base em tamanhos de arquivo típicos. Seu uso pode variar.
  • Saiba mais 

 

Até logo!